Processo de certificação

A qualificação de pessoas consiste da avaliação através de exames teóricos e práticos do conhecimento dos trabalhadores baseada em critérios específicos para cada atividade.
Já a certificação de pessoas foi criada com o objetivo de se recorrer a entidades independentes que pudessem atestar competências, assegurando a qualidade dos serviços prestados.

Pré-requisitos exigidos aos candidatos à certificação

O Sistema Nacional de Qualificação e Certificação em Corrosão e Proteção exige que o candidato à certificação atenda aos requisitos mínimos de treinamento, aptidão física, experiência profissional e grau de escolaridade definidos nas respectivas normas de qualificação antes da realização dos exames de qualificação.

Aptidão física

O candidato deve apresentar atestado médico que comprove possuir aptidão física satisfatória para a ocupação e nível em que deseje obter a certificação. Para cada modalidade podem ser exigidos pelo Bureau de Certificação diferentes tipos de aptidões físicas que se encontram descritos e/ou detalhados em cada norma específica de ocupação.

Treinamento

O candidato deve comprovar, formalmente, ter obtido aproveitamento satisfatório em curso de treinamento para a ocupação e nível a qual a certificação é requerida, atendendo aos requisitos mínimos de carga horária e conteúdo descrito nas normas específicas.

Experiência Profissional e Nível de Escolaridade

O nível de escolaridade do candidato à certificação deve ser comprovado pela apresentação ao Bureau de Certificação de cópias autenticadas de documentos, tais como: diploma, certificado de conclusão de curso ou carteira de conselho de classe.
Para a comprovação de experiência profissional são válidos: cópia autenticada de carteira profissional ou de contrato de autônomo, comprovando a atividade profissional relativa à ocupação pretendida na certificação.

Como obter a certificação

Conheça as etapas do processo de certificação do Sistema Nacional de Qualificação e Certificação em Corrosão e Proteção.